João Roma não descarta ser candidato a prefeitura de Salvador em 2024: "Precisamos encontrar melhores alternativas"


Foto: Divulgação

O ex-candidato ao governo do Estado, o deputado federal João Roma (PL), mirou as eleições municipais de 2024 e não descartou ser candidato à prefeitura de Salvador durante entrevista à Rádio Princesa FM na quarta-feira (28). O parlamentar também afirmou que o ano de 2023 será dedicado à estruturação do partido presidido por ele na Bahia e realizou críticas ao recente aumento do ICMS (veja mais detalhes aqui).
"Essa possibilidade de ser candidato a prefeito de Salvador não pode ser descartada, mas hoje nos cabe pensar a Bahia como um todo, tanto para as eleições municipais quanto para as eleições gerais daqui a quatro anos. Naturalmente precisamos encontrar quais as melhores alternativas para o futuro da Bahia", comentou Roma.
Roma também criticou o recente aumento de ICMS realizado pelo governador Rui Costa (PT) e a possibilidade de o governo Lula também elevar os impostos. "A única exceção a essa regra foi Bolsonaro, que baixou os impostos. Essa sanha arrecadatória tem consequências muito danosas para a nossa população", ressaltou Roma.
Questionado sobre as eleições, o deputado avaliou que a disputa entre o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e o chefe do executivo eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi “desigual” por conta de supostas posturas totalitárias do poder Judiciário.
"Quem estava arbitrando as eleições estava completamente comprometido com um dos lados. Há um sentimento de que a disputa foi realizada com regras desiguais, devido ao agigantamento e a forma totalitária como o Judiciário tem agido", comentou Roma.
أحدث أقدم