Feira de Santana: Micareta será realizada entre os dias 20 e 23 de abril


Foto: Acorda Cidade

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), realizou na manhã de quinta-feira (12), no Mercado de Arte Popular (MAP), uma reunião com representantes de todos os segmentos envolvidos com a Micareta de Feira.
O objetivo do encontro foi definir os detalhes para o evento neste ano de 2023, principalmente com relação às datas. Por conta da pandemia da Covid-19, a última edição da Micareta de Feira foi realizada no ano de 2019.
Neste ano, a Micareta de Feira será realizada entre os dias 20 e 23 de abril.
Estiveram presentes o secretário da Secel, Jairo Carneiro Filho, o presidente da Associação Comercial de Feira de Santana, Genildo Melo, o presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes, Getúlio Andrade, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Feira de Santana (CDL), representantes de blocos, imprensa, produtores e artistas.

A data

Em entrevista ao Acorda Cidade, o presidente da CDL, Luiz Mercês destacou que o mês de abril já é uma tradição que acontece há anos.
“O mês de abril é uma tradição na cidade. Os artistas estão carentes, não podem mais adiar e a gente sabe que no mês de abril, a cidade não tem movimento, e de certa forma é um investimento feito no comércio, além do emprego e renda. A gente precisa entender que existe uma emergência, essa é a hora para construir um evento, e foi debatido aqui também na realização de dois grandes eventos para o município ainda neste primeiro semestre, que é a Micareta e o São João, isso é importante e não podemos descartar. Mas para ser realizado no segundo semestre do ano, é necessário sentar para discutir”, destacou.
O representante do Bloco Lá Vem Elas, Valter Lima disse à reportagem do Acorda Cidade, que é necessário se repensar na mudança das datas do evento, pois segundo ele, o mês de abril já está saturado.
“A gente defende essa mudança para setembro por entender as discussões com todos os outros segmentos que compõem e fazem parte da Micareta. Abril já é uma data saturada, a Micareta tem mais de 80 anos e precisa ser oxigenada, e abril é um período de baixa estação, chuvas, o pessoal ainda está pagando IPVA, matrículas de escolas, pós-carnaval, pós-férias de verão, e no mês de setembro já seria época de verão, então por mais que já tenha definido as datas neste ano, nós defendemos estas mudanças”, pontuou.
Ao Acorda Cidade, o presidente da Associação Comercial de Feira de Santana, Genildo Melo destacou a importância da realização da festa neste primeiro semestre do ano, principalmente pela não realização nos dois últimos anos.
“Nós parabenizamos essa iniciativa da prefeitura, na pessoa do secretário Jairo Carneiro Filho por provocar esta reunião com todos os segmentos produtivos e envolvidos com a Micareta de Feira. Nós concordamos com esta data de 20 a 23 de abril, acho que é um momento importante, estamos motivados para isso, não podemos mais esperar mais cinco, seis meses para esta festa, principalmente o segmento artístico”, pontuou.
Diretor da Revista Alternativa, Girlanio Guirra informou ao Acorda Cidade que defende a mudança da Micareta para o segundo semestre do ano.
“Eu defendo a realização da festa no verão, ainda mais em setembro, próximo do verão, mas por conta dessa sede que os artistas estão tendo, foi definido para Micareta, mas eu como micaretesco, a gente vai onde o povo está. Essa é uma discussão oportuna, é uma festa que não acontece há dois anos aqui na cidade, e o município está com sede por esta festa. A Micareta de Feira é a maior festa do Brasil fora de época, o segundo Carnaval da Bahia, então existem diversos comentários sobre isso, mas devemos respeitar a decisão que foi dada”, disse.
Em coletiva de imprensa, o secretário Jairo Carneiro Filho informou que todas as discussões serão levadas para o prefeito, Colbert Martins.
“Nesta manhã de quinta-feira, dia 12 de janeiro, nos reunimos com todos os setores que estão ligados diretamente e indiretamente com a Micareta, setores da cultura, imprensa, CDL, músicos, representantes de bandas e saímos por volta das 12h com essa indicação de forma unânime de todos os que estavam presentes com a data do dia 20 a 23 de abril. Estamos levando agora de imediato essas informações ao prefeito Colbert Martins para que a gente possa dar continuidade aos trabalhos e que possamos, portanto, preparar, organizar e dar continuidade ao planejamento para que façamos todos juntos uma grande festa, com muita alegria, paz, saúde e com muita segurança com todo o apoio da Polícia Militar da Bahia para fazer a retomada da micareta que há três anos não acontece essa grande festa”, afirmou.

Organização

Segundo o secretário, é possível realizar todo preparativo para a festa dentro de 90 dias.
“Durante todo o período de 2022 onde nós já estávamos trabalhando com a possibilidade do último mês de setembro, a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, junto a Secretaria de Administração, da Fazenda, nós tratamos de todas essas questões referente as licitações necessárias e realmente, estamos preparados. Esse preparo já aconteceu e estamos sim preparados para que dentro desses 90 dias possamos fazer uma grande festa. Vamos tratar agora de questões específicas que foram colocadas nesta reunião, a exemplo de pontos e particularidades de cada setores para que nós possamos trazer uma melhoria dentro do circuito da festa como também, tratarmos da questão da grade de artistas que terá esse start assim que o prefeito receber todas as informações”, disse.

O percurso

O secretário explicou que o percurso continua o mesmo neste ano de 2023, mas houve discussões para novos trajetos. “No percurso nós mantemos a Avenida Presidente Dutra, vamos analisar pontos que foram colocados aqui com relação a alguns espaços, mas o circuito neste ano será o trecho da Avenida Presidente Dutra”, afirmou.
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE