Gerente do Banco do Brasil é encontrado morto após sair de boate

O gerente do Banco do Brasil foi encontrado por populares com manchas roxas

Um gerente do Banco do Brasil foi encontrado morto na madrugada do sábado (17), após, de acordo com testemunhas, sair de uma boate, onde teria agredido uma funcionária. A vítima foi identificada como Jardel Igor Gomes de Lima, de 30 anos. O caso aconteceu em Teresina, no Piauí.
Pessoas que viram Jardel na véspera da morte afirmam que ele estava aparentemente sob o efeito de entorpecentes. Após iniciar uma briga no estabelecimento com uma das colaboradoras, o gerente foi expulso do local. Horas depois, ele foi encontrado morto por populares nas proximidades da boate com marcas roxas no pescoço.
As investigações ainda estão em andamento, mas o laudo cadavérico constatou que o gerente sofreu um trauma encefálico, edema cerebral e hemorragia intracraniana, causados por uma "ação contundente".
Uma equipe de médicos legistas deve realizar uma outra análise mais aprofundada para detalhar a circunstância da morte da vítima.
Postagem Anterior Próxima Postagem