PF lacra transmissor de programa de filho de Bolsonaro por suspeita de irregularidade

Foto: Reprodução / Metrópoles

Uma emissora que transmite por semana um programa do filho do presidente Bolsonaro, Jair Renan Bolsonaro, teve equipamentos lacrados. Segundo o Portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a ação foi feita durante Operação da Polícia Federal contra a Rádio Sucesso News, de propriedade de um advogado bolsonarista, identificado como Raul Canal.
Na emissora, Jair Renan participava do Podcast 04, feito desde o começo deste ano A suspeita é que a emissora operava de forma irregular. Com autorização para funcionar no município goiano de Santo Antônio do Descoberto, a rádio havia montado, sem aval da Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações], um transmissor no topo de um prédio de Samambaia, cidade-satélite do Distrito Federal.
A Polícia Federal chegou a divulgar a operação, feita em junho, mas não deu detalhes — o nome da emissora, por exemplo, chegou a ser omitido no comunicado divulgado na ocasião. Ainda segundo informações, a ideia era amplificar o alcance da rádio, de modo a fazer o sinal chegar com maior potência em Brasília e região.
Um transmissor que fazia esse processo foi lacrado. Ainda segundo informações, além do espaço aberto na programação para o filho do presidente da República, a emissora costuma convidar para os programas vários políticos ligados ao governo, como a própria mãe de Jair Renan, Ana Cristina Bolsonaro, que é candidata a deputada distrital.
أحدث أقدم

PUBLICIDADE