Janones se queixa sobre 'falta de diálogo' com outros candidatos e aceita conversar com Lula

Foto: Divulgação / Câmara dos Deputados

O deputado federal e presidenciável pelo Avante, André Janones, usou as redes sociais na manhã desta sexta-feira (29) para criticar a falta de diálogo com outros candidatos à Presidência e disse que aceita o convite do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para conversar.
"Bolsonaro me bloqueou, Ciro não aceitou encontrar comigo, Tebet ignorou por completo minha existência, enquanto aquele que lidera as pesquisas pediu publicamente pra conversar comigo. Humildade e democracia andam lado a lado. Convite aceito. Vamos conversar Lula", escreveu Janones em seu Twitter oficial.
A resposta de Lula não demorou. Poucos minutos depois o ex-presidente disse que a "política se faz com diálogo e juntando pessoas pelo bem comum" e que ligaria para o deputado.
Os afagos públicos entre os "adversários" para a corrida eleitoral já vem acontecendo. Nesta quinta-feira (28), Janones republicou uma postagem na qual explicava os motivos que o levaram a querer ser presidente da República e citou a necessidade combater a fome e defender a democracia. "Uma vez me perguntaram por que eu quero ser presidente do Brasil, e eu respondi que não quero ser presidente do Brasil, mas sim mudar a vida das pessoas, e que a Presidência da República é apenas o meio mais rápido para que isso ocorra", escreveu Janones.
De imediato, Lula respondeu. "Fico feliz. Essa também é a causa que me motiva na política, estamos juntos nisso. Vamos conversar", escreveu.
Para Lula, angariar o apoio de Janones pode ser determinante para as pretensões do ex-presidente de vencer a disputa já no primeiro turno. Para isso, ele precisa de 50% dos votos válidos mais um.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE