Emissoras sem direitos não poderão fazer imagens ao vivo durante jogos da Série A

Foto: Alexandre Vidal / Divulgação / Flamengo

Emissoras que não possuem direitos de transmissão do Brasileirão não poderão fazer imagens ao vivo antes, depois e durante os jogos. A definição, de acordo com a coluna de Rodrigo Mattos, no Uol Esporte, foi da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após pedido da Globo.
A emissora entendeu que seus contratos de direitos com os clubes estavam sendo desrespeitados por programas de concorrentes.
Interveniente nos contratos de direitos do Brasileirão entre Globo e clubes, a CBF controla o acesso e credenciamento de veículos e jornalistas aos estádios.
Apesar de não terem direitos de transmissão, algumas emissoras têm realizado imagens do campo e do estádio antes e depois dos jogos do Brasileirão. A Globo entende que essas imagens fazem parte dos direitos de transmissão.
Na Libertadores, por exemplo, que é o SBT quem possui os direitos, a própria Globo é vetada de fazer o mesmo serviço. O esquema é semelhante na Copa do Mundo.
O novo protocolo de imprensa inclui tamém geradores de conteúdo e emissoras de rádio na proibição.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE