Em áudio vazado, empresário expõe Simaria e outras duplas que 'se odeiam'

Foto: Reprodução / Instagram

A polêmica envolvendo a cantora Simaria, com seu recente afastamento da dupla com Simone (leia mais aqui), ainda é o assunto do momento nos grupos de WhatsApp formados por empresários do meio sertanejo. Em um áudio gravado, Paulo Tear (empresário e contratante de shows na Bahia) fez um desabafo e usou como exemplo outras duplas que "se odeiam", mas que cumprem seus contratos sem maiores problemas.
A informação foi divulgada pelo Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias. Os nomes de Zezé Di Camargo & Luciano e Bruno & Marrone são escancarados no áudio. Paulo Tear afirma categoricamente que eles não se suportam, e ainda diz que Simaria, por estar afastada dos compromissos, não deveria sequer receber seu pagamento.
"Se eu sou prefeito, eu desconto um valor. Não tenho nada a ver com a briga das duas. Zezé Di Camargo & Luciano se odeiam, mas cumpriram todos os contratos cantando juntos. Bruno & Marrone se odeiam, mas cantam juntos, entende? Esses cão nenhum, não gostam de ninguém. Agora, não vir cantar com o cachê lá em cima. Êpa, pera ae. Cachê é R$ 400 mil, R$ 200 é custo, nota fiscal, banda, carreta, já era. Que a banda vem completa. Dos outros R$ 200, é R$ 100 de cada ‘negrinha’. Me dá o R$ 100 dessa aqui não vai não, vai ficar aqui. Não vai cantar. Ou vai ficar em casa e ainda vai receber o cachê? Vai se lascar", disse o empresário sobre como ele conduziria a situação caso fosse contratante de um show delas, nesse momento.
Paulo Tear representa artistas como Leonardo e Eduardo Costa no Nordeste e movimenta mais de 25 mil seguidores no Instagram. Ouça o áudio AQUI
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Publicidade