Amazônia tem desmatamento similar a 2 mil campos de futebol por dia, diz instituto

Nos cinco primeiros meses de 2022, a Amazônia Legal registrou recorde de desmatamento e em 151 dias derrubou 3.360 km² de floresta, conforme aponta levantamento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgado na última sexta-feira, 17.
A área desmatada é a maior em 15 anos e os municípios mais afetados são, respectivamente, Apuí (AM), Altamira (PA), Lábrea (AM), Novo Progresso (PA) e Novo Aripuanã (AM).
Com 1.476 km² de floresta desmatada, o último mês de maio também foi o pior já registrado desde 2008, ano em que o Imazon passou a monitorar a Amazônia. O Estado do Amazonas é o que teve a maior área desmatada, e corresponde a 38% do desmatamento total registrado em maio.
Os dados foram levantados pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), baseado em imagens de satélites, que oferece análises mensais sobre o ritmo da degradação e desmatamento na Amazônia.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

Publicidade