STF mantém prisão preventiva do ex-deputado federal Roberto Jefferson


Foto: Reprodução

A prisão preventiva do ex-deputado federal Roberto Jefferson foi mantida pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na terça-feira (24). Jefferson foi preso em outubro do ano passado após oferecer resistência armada ao cumprimento do mandado de prisão decretado por Moraes.
Jefferson havia publicado um vídeo na internet no qual ofendeu a ministra Cármen Lúcia com palavras de baixo calão.
No dia da prisão, o ex-deputado deu tiros de fuzil e lançou granadas contra os policiais que foram ao local. Em consequência disso, Jefferson foi indiciado pela Polícia Federal por quatro tentativas de homicídio.
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE