Rei Charles quer fazer as pazes com Harry, diz jornal britânico


Foto: Ben Stansall / AFP

De acordo com o Telegraph, o rei Charles III teria afirmado para pessoas próximas que gostaria de reatar os laços com o filho caçula, Harry. O ex-príncipe e sua mulher, Meghan Markle, fizeram acusações graves contra a família real britânica no documentário da Netflix Harry & Meghan.
A informação levantada pelo jornal britânico contradiz o que Harry afirmou em entrevista para o filme. No documentário, ele relata que a família sustentava “mentiras” para proteger seu irmão mais velho, William, e se negava a defender Meghan Markle de ataques racistas promovidos pela imprensa do Reino Unido.
O casal também afirmou que a própria família real seria resistente à Meghan e que a motivação para isso seria racial. As fontes ouvidas pelo Telegraph, no entanto, relataram que o rei é aberto aos dois filhos e que sempre procurou manter o contato com os ambos – mesmo depois que Harry decidiu renunciar ao seu título de nobreza e se mudar para os EUA.
Ainda segundo o jornal, Harry e Charles tiveram alguns desentendimentos eventuais, mas nada que comprometesse a relação de forma profunda. A publicação diz que o rei, inclusive, convidou (informalmente) o caçula e a nora para estarem presentes na cerimônia de coroação, que será realizada em 6 de maio deste ano na Abadia de Westminster, em Londres. De acordo com o jornal, os convites oficiais ainda não foram encaminhados para as pessoas.

Estadão Conteúdo
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE