Pacheco recebe apoio do PDT para a presidência do Senado

Por Folhapress

Foto: Divulgação / Pedro Gontijo

O PDT anunciou, no início da noite de segunda-feira (23), apoio à reeleição de Rodrigo Pacheco (PSD-MG) à presidência do Senado. O anúncio foi feito em evento realizado na sede do partido com lideranças pedetistas e o atual presidente da Casa.
"Formalizamos o apoio do PDT à reeleição de Rodrigo Pacheco para a Presidência do Senado. Sua recondução representa a manutenção da luta pelo Estado Democrático de Direito e por um país mais justo e igualitário", declarou a legenda em suas redes sociais.
O presidente do partido, ministro Carlos Lupi, afirmou ainda que Pacheco representou um marco que "é muito caro na política. Honradez, seriedade, o respeito às minorias".
Pacheco, por sua vez, agradeceu a adesão e disse que o anúncio referenda sua gestão, "caracterizada pelo trabalho em favor do povo brasileiro, da democracia". E disse ainda que a decisão legitima o "compromisso na defesa de conquistas sociais, mas sem se esquecer da responsabilidade fiscal, e com a implantação das reformas que o país almeja".
O senador eleito por Minas Gerais teria ganhado fôlego após os ataques terroristas ocorridos em Brasília no dia 8 de janeiro, segundo informações do Broadcast Político, do Grupo Estado.
Na semana passada, o PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro confirmou que ex-ministro Rogério Marinho disputará a presidência do Senado. Na ocasião, o presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, afirmou que Marinho tem o aval do PP e do Republicanos e que iniciaria conversas com presidentes de outros partidos para angariar apoio.
Estiveram na reunião o ministro da Previdência, Carlos Lupi, os senadores pedetistas Weverton Rocha (MA), líder do partido, e Leila Barros (DF), e o deputado federal Márcio Honaiser (PDT-MA).
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE