Ouvidoria Geral do Estado da Bahia tem primeira mulher negra a ocupar cargo


Foto: Divulgação

A nova Ouvidora Geral do Estado da Bahia assumiu o cargo nesta sexta-feira (13) trazendo uma longa bagagem de engajamento social e liderança em projetos importantes para a população. Arany Santana Neves representa um marco na história da Ouvidoria Geral: é a primeira mulher negra a chefiar um dos braços da instituição do Governo.
A trajetória da ouvidora é carregada de desafios e conquistas essenciais para o exercício do cargo, que traz a responsabilidade de mediar às discussões entre a população e o Governo do Estado. “Estamos vivendo um momento histórico, de resgate, liberdade e democracia com Lula presidente do Brasil e Jerônimo governador da Bahia. O desafio é grande, uma mulher negra ocupar um cargo de ouvidora geral no momento em que todos nós lutamos pelo o exercício pleno da cidadania e participação popular”, ressalta Arany.
Natural de Amargosa do interior da Bahia, Arany Santana é formada em Letras pela Universidade Federal da Bahia, é Especialista em História da África e possui um histórico atrelado à cultura e militância étnica que resiste há anos.
Em 2010, esteve à frente da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza do Estado da Bahia. Entre os anos de 2011 e 2017, foi diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), dando vez e voz às manifestações tradicionais e culturas de todo o estado, além de implantar um importante trabalho de dinamização do Pelourinho.
Antes de assumir a ouvidoria geral, Arany exerceu o cargo de secretária de Cultura do Estado da Bahia a pedido do governador Rui Costa, no período de outubro de 2017 até janeiro de 2023.
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE