'Estamos mortos. É um golpe muito duro', diz Messi após revés da Argentina para Arábia Saudita


Foto: Divulgação / AFA

A derrota para a Arábia Saudita na manhã desta terça-feira (22) na estreia da Copa do Mundo abalou a Argentina. Craque da Albiceleste, o atacante Lionel Messi usou palavras fortes para definir o resultado negativo após o apito final.
"Estamos mortos (arrasados). É um golpe muito duro. Não queríamos estrear dessa maneira. Queríamos vencer, para dar tranquilidade. Esse momento é de focar na fortaleza, na união do grupo. É o momento de estarmos mais unidos do que nunca", declarou o camisa 10.
A Argentina começou bem a partida, abriu o placar antes dos 10 minutos de bola rolando com Messi cobrando pênalti. A equipe ainda teve três gols anulados pelo VAR, sendo um com o camisa 10 e outros dois com Lautaro Martínez. No entanto, os árabes conseguiram a virada na etapa final.
"Tivemos situações de gols e começamos a ter muitas situações de impedimento. Caímos no erro de acelerar demais. Sabíamos que eles jogariam com a linha alta. Aceleramos um pouco. Depois, começamos a desordenar, perder o funcionamento, perder o meio. O gol tão cedo nos confundiu. Não encontramos o jogo que vínhamos demonstrando por muito tempo. Quando foi passando o jogo, com o resultado contra é mais difícil", analisou o craque argentino.
Zerada na pontuação da tabela do Grupo C, a Argentina enfrentará México e Polônia para tentar dar a volta por cima e conseguir avançar de fase. No próximo sábado (26), às 16h, no horário de Brasília, os argentinos encaram os mexicanos, em Lusail, pela segunda rodada.
"Agora é passar tranquilidade. Foi um golpe muito duro, uma derrota dolorida. Temos de seguir confiando em nós. Vamos tentar ganhar do México para ver como fica (o grupo)", disse Messi.
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE