Após veto no Catar, cervejaria promete estoque para seleção vencedora da Copa

Por Ulisses Gama

Foto: Divulgação / Twitter / Bud

Após a venda de bebida alcoólica nos estádios da Copa do Catar ser barrada, a Budweiser, principal patrocinadora do evento, tomou uma decisão pra lá de generosa. No último sábado (19), a cervejaria prometeu dar todo o estoque para a seleção que vencer a competição.
O país-sede anunciou na última sexta-feira (18) a medida, o que deixou a empresa surpresa. A Fifa confirmou o anúncio e a multinacional AB InBev, responsável pela Budweiser, disse que as restrições impostas pelo Catar estão além de seu controle.

"Um novo dia, um novo tuíte. O país vencedor ganha as Buds. Quem vai ganhar?", publicou.

Segundo informações do The Times, a proibição da venda de cerveja durante os jogos foi um pedido expresso da família real do Catar. Com um patrocínio milionário, a Budweiser pode receber uma indenização por conta da restrição. No país, é considerado crime beber nas ruas ou ser pego alcoolizado.
"As autoridades do país-sede e a Fifa continuam afirmando que os estádios e seus entornos seguem sendo áreas que irão criar uma experiência agradável e respeitosa para os fãs. A organização do torneio agradece o entendimento da AB InBev por seu contínuo suporte em oferecer seus serviços durante a Copa do Mundo Fifa do Catar 2022", escreveu a Fifa.
A primeira partida da Copa do Mundo será neste domingo (20), às 13h, entre Catar e Equador no Al Bayt Stadium.
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE