Apesar do aumento de casos de meningite, Sesab descarta surto


A Bahia ligou o alerta para o aumento nos casos de meningite no estado. Somente este ano, 59 pessoas morreram vitimas da doença na Bahia. A vacinação continua sendo a principal forma de prevenção. Este ano, 340 baianos tiveram meningite. Salvador lidera em número de casos com 112. Os números representam mais de 200% de aumento em relação ao período da pandemia, mas a Secretaria Estadual de Saúde descarta surto da doença.
A meningite é uma doença que pode ser confundida com a gripe, mas as sequelas são graves e ela pode até matar. A meningite ocorre quando há alguma inflamação desse revestimento, causado por micro-organismos, alergias a medicamentos, câncer e outros agentes.
A doença tem uma alta taxa de mortalidade e sequelas, como surdez, perda dos movimentos e danos ao sistema nervoso. As crianças são a faixa etária mais atingida, e os pacientes devem ter um acompanhamento por pelo menos 6 meses depois da doença. Leia mais no G1
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE