Homem que sumiu durante grave terremoto na China é encontrado após 17 dias

Por Folhapress

Foto: Reprodução/CCTV

Um homem de 28 anos, que estava desaparecido após um terremoto de magnitude 6,8, na província de Sichuan, na China, foi encontrado vivo na quarta-feira (21). Gan Yu estava vagando pelas montanhas quando Ni Taigao, um aldeão da vila de Yaojin em Shimian, o localizou, segundo o jornal China Daily. O funcionário da usina hidrelétrica, que tem um quadro grave de míope, vagou por dias sem seus óculos.
O terremoto que atingiu a província chinesa de Sichuan, no dia 5 de setembro, foi o mais forte na região desde 2017, matando mais de 45 pessoas e sacudindo a capital provincial de Chengdu.
O morador da região que o encontrou percebeu que o homem estava ferido, informou a Rádio Nacional da China, definindo o resgate como um "milagre da vida".
Gan estava de plantão com seu colega de trabalho, Luo Yong, no dia 5 de setembro quando o terremoto ocorreu. A dupla estava na região para prestar os primeiros socorros aos colegas feridos.
Posteriormente, eles tentaram sair da estação de energia remota, andando por cerca de 20 quilômetros. Mas Gan perdeu os óculos durante o terremoto e lutou para continuar caminhando pelo terreno montanhoso.
Os dois homens tentaram desesperadamente encontrar alguém que os socorresem. Então, decidiram que Gan ficaria parado no local, enquanto Luo continuou a busca por ajuda. Ambos fizeram um abrigo temporário, com uma cama de musgo e folhas de bambu.
No dia 8 de setembro, Luo foi encontrado por equipes de resgate, mas, quando o abrigo temporário de Gan foi descoberto, em 11 de setembro, ele havia desaparecido. No local havia apenas roupas e as pegadas do chinês.

LOCALIZADO

No início desta semana, o agricultor local Ni Taigao retornou à sua aldeia, no sopé da montanha onde a usina está localizada, e ouviu falar sobre a caçada a Gan. Ele se juntou às buscas e, após duas horas de caminhada, ouviu os gritos fracos de Gan, que estava deitado sob algumas árvores.

As roupas de Gan estavam rasgadas e ele tinha ferimentos nas pernas.

Os outros socorristas levaram horas para chegar a Gan, que foi levado na quarta-feira para um hospital próximo, onde os médicos descobriram que ele havia sofrido várias fraturas, segundo a emissora oficial CCTV.
Apesar de abatido, o estado mental do funcionário era bom. "Ele chorou e disse que era uma sorte ter me conhecido", disse Ni.

Gan afirma que sobreviveu comendo frutas silvestres.
Postagem Anterior Próxima Postagem