Eleitorado do Nordeste cresce 8% em 2022; Maranhão teve o maior aumento do Brasil

Foto: Priscila Melo/Bahia Notícias

O Nordeste teve o segundo maior crescimento no número de eleitores entre todas as regiões do país. Com um aumento de 8,1% desde as últimas eleições gerais, a região fica atrás apenas da região Norte, onde o eleitorado cresceu 8,9%.
De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), analisados pela Agência Tatu, em 2018, a região tinha um eleitorado de 39,2 milhões de pessoas, já este ano o eleitorado do Nordeste alcançou 42,4 milhões de eleitores.
O volume de eleitores cresceu em todos os estados do Nordeste, com destaque para o Maranhão, onde a população votante teve um salto de 11% entre os dois pleitos, o maior crescimento no eleitorado de todo o país. Já Sergipe teve o menor crescimento, apenas 6%.

MUNICÍPIOS COM MAIOR REDUÇÃO DE ELEITORADO

Apesar do crescimento entre os estados do Nordeste, em 19 municípios da região houve uma redução no número de eleitores. A cidade de Caatiba, localizada na região do Médio do Sudoesta da Bahia, apresentou a maior queda nordestina. Enquanto em 2018 havia 7.910 votantes, em 2022 são 6.548, uma redução de 17%.

CIDADES ONDE O ELEITORADO MAIS CRESCEU

Alguns municípios se destacam por apresentar os maiores crescimentos de todo o Nordeste. Barreiras do Piauí, que fica no sudoeste do estado, teve um aumento de 38,81%, saindo de 2.533 eleitores em 2018 para 3.516 em 2022. A maior taxa de todo o Nordeste.
As cidades de Tibau e Extremoz, ambas no litoral do Rio Grande do Norte, também tiveram crescimentos significativos no eleitorado. Tibau, a 337 km de Natal, ampliou o seu eleitorado de 4.814 para 6.623 entre 2018 e 2022, um aumento de 37,58%. Já Extremoz, que faz parte da região metropolitana de Natal, tinha 20.521 eleitores em 2018, saltando para 28.032 pessoas este ano, uma variação positiva de 36,6%.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE