Candidatura de Luxemburgo ao Senado é retirada pelo PSB; técnico avalia ingressar na Justiça

O técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo sofreu nesta sexta-feira (05) uma derrota política. Segundo a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, a convenção do PSB em Tocantins decidiu que seu candidato ao Senado será Carlos Amastha, presidente regional do partido e ex-prefeito de Palmas.
Luxemburgo, que até então era o pré-candidato da legenda, está de fora da disputa. Ao menos por enquanto. Está sendo aventada a possibilidade de ingressar na Justiça.
Segundo a publicação, a maneira como foi conduzida a votação contrariou Luxemburgo, que tinha inclusive um discurso preparado. A decisão também desagradou correligionários, já que Amastha poderia angariar votos importantes ao partido com uma candidatura à Câmara dos Deputados.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE