Servidor da Prefeitura de Campo Formoso é morto a pedradas em clube social

Um homem, identificado como Lucas Felipe de Santana Viana, de 29 anos, foi morto apedrejado no estacionamento do Clube de Campo Juá, no Centro de Campo Formoso, no norte da Bahia, no final da tarde do último domingo (17).
Lucas Felipe era funcionário da prefeitura da cidade e amigos acreditam que ele tenha sido vítima de homofobia.
Segundo informações da 54ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), os militares foram acionados para atender a denúncia de um homem que foi apedrejado, mas a guarnição já o encontrou sem vida.
Apesar de amigos de Lucas Felipe acreditarem que ele foi vítima de homofobia, o major Ângelo, comandante da 54ª CIPM, informou que a polícia ainda não possui nenhuma prova que possa ligar o ocorrido à orientação sexual do rapaz.
“A gente sabe que ele era homossexual e que não tinha envolvimento com droga, pelo que investigamos ele não era usuário, por isso supõe-se que tenha sido homofobia”, explicou. A Polícia Civil informou que a Delegacia Territorial (DT) de Campo Formoso investiga a morte de Lucas.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE