Salvador confirma mais 2 casos de 'varíola dos macacos'

Foto: Getty Images

Mais dois casos da “Monkeypox”, doença conhecida como "varíola dos macacos", foram confirmados em Salvador nesta segunda-feira (25) pela Secretaria Municipal. Com isso, agora são cinco pessoas com a doença na capital baiana. Os pacientes, ambos do sexo masculino, têm 29 e 34 anos, e tiveram o início dos sintomas no dia 04 de julho.
O órgão informou ainda que os pacientes não necessitaram de hospitalização, e seguem em isolamento, com boa evolução em domicílio, sendo que tiveram contato próximo, e apresentaram febre de início súbito, dor lombar, erupção cutânea e dor de cabeça.
Conforme disse a pasta, dentre os casos suspeitos residentes em Salvador, 5 (22,7%) casos foram confirmados para Monkeypox (4 por critério laboratorial e 1 por critério clínico-epidemiológico). Todos os casos confirmados são do sexo masculino e mediana de idade de 29 (min-max 29-34) anos.
A varíola do macaco pode ser transmitida pelo contato com fluidos corporais, secreções respiratórias, lesões na pele ou mucosas de pessoas infectadas. Há também o risco de contaminação pela utilização de materiais contaminados, como toalhas, roupas de cama e utensílios domésticos contaminados e/ou contato com animais infectados pelo vírus. E os principais sintomas observados nos indivíduos infectados são febre, dor de cabeça, dores nas costas ou musculares, inflamações nos nódulos linfáticos, lesões na pele, que começam no rosto e se espalham pelo corpo, atingindo principalmente as mãos e os pés.

A organização Mundial de Saúde (OMS) diz que os sintomas duram de 16 a 21 dias.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE