Mulher encontrada morta na praia de Piatã era turista do Paraná

Foto: Reprodução / TV Bahia

A mulher encontrada morta na praia de Piatã, em Salvador, na manhã da última quinta-feira (14), foi identificada (lembre aqui). A vítima é a Cíntia Mara Pepplow da Silva, 47 anos e era turista do Paraná.
No sábado (16), familiares da vítima estão na capital baiana, para iniciar o traslado do corpo. O corpo dela não foi encontrado com sinais de violência e, de acordo com a polícia, o laudo cadavérico apontou que ela morreu por afogamento, e que tinha escoriações do atrito com a areia.
De acordo com o G1, a família informou que ela apresentava sinais de algum tipo de transtorno psiquiátrico e já teria desaparecido de casa algumas vezes, tendo ficado fora de casa períodos que variavam de algumas horas a até três dias.
Na última semana, após uma discussão com o companheiro, Cíntia pegou uma sacola e saiu sem dizer o destino. A família esperou ela retornar para casa, mas ela não voltou. Com isso, o caso foi registrado em uma delegacia de São José dos Pinhais, no Paraná.
As buscas por Cíntia começaram ainda no estado do Paraná, quando a família recebeu informações de que ela teria embarcado no aeroporto. No contato com a Polícia Civil dos estados, foi descoberto que ela estava em Salvador.
O corpo de Cíntia foi reconhecido pelo marido, que preferiu não dar entrevista. Ele informou que ela tem dois filhos, sendo um deles uma médica. Quando a família identificou o transtorno em Cíntia, a jovem tentou levar a mãe para um psiquiatra, para receber tratamento especializado, mas a mulher recusou a ajuda. O corpo de Cíntia será levado para São José dos Pinhais ainda neste final de semana, para ser sepultado.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE