'Chuta que é macumba': MP-BA denuncia dois homens de por intolerância religiosa

Foto: Divulgação

Duas pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por intolerância e discriminição religiosa, em Brumado, na quinta-feira (28). Segundo o promotor de Justiça Alex Bezerra Bacellar, Valdenir Cardoso da Silva e Fabiano Silva Vieira, no dia 27 de março de 2019, através de perfis nas redes sociais, publicaram comentários em uma publicação de um vereador municipal que criticava a aprovação de um projeto de lei sobre a construção de um monumento em homenagem ao Candomblé, no município de Brumado.
Conforme apurado pelo MP, Valdenir publicou o comentário “chuta que é macumba” e Fabiano postou “pode mandar exorcizar que estar endemoniada (sic)”. “Os comentários configuram ofensa com cunho de intolerância e discriminação religiosa relativa ao Candomblé”, afirmou o promotor de Justiça. Alex Bezerra Bacellar destacou que o MP tentou firmar um acordo de não persecução penal, porém nenhum dos denunciados deu retorno quanto à proposta.
Fabiano teria relatado que o perfil na rede social Facebook, indicado pelo MP como responsável pela postagem, lhe pertenceria, “mas não se lembrava de ter feito esse comentário”. Já Valdenir, negou ter feito a referida postagem. Apesar disso, diante das provas da materialidade e dos indícios suficientes de autoria apurados, o MP ofereceu a denúncia.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE