Cano está perto de igualar marca importante de Fred no Fluminense

Em sua melhor temporada no Brasil, argentino já soma 28 gols, seis a menos que a marca do eterno ídolo tricolor. Atacante ainda terá, pelo menos, de 22 a 26 jogos para atingir meta

Faz o L, torcida tricolor! Desde que chegou ao Fluminense, Germán Cano vive uma fase iluminada e tem empolgado a torcida com gols e muita entrega em campo. Ele tem se tornado o substituto ideal do ídolo Fred, que se despediu dos gramados no último dia 9, com festa no Maracanã. Essa tendência também pode ser comprovada em números.
Goleador nato, Cano vive seu melhor momento no futebol brasileiro e já balançou a rede em 28 oportunidades, onze delas no Brasileirão. Desse modo, ele está a seis gols de igualar a melhor marca do ídolo Fred com a camisa tricolor em apenas uma temporada.
O eterno camisa 9 marcou 34 tentos em 2011 e alcançou a sua melhor marca.No ano seguinte, quando o Fluminense sagrou-se tetracampeão brasileiro, o centroavante deixou sua marca 30 vezes e tornou-se um dos maiores ídolos da centenária história do clube.
Sendo assim, Cano terá pela frente, pelo menos, 22 partidas para igualar ou até ultrapassar a marca. Restam 20 rodadas para o fim do Brasileirão, e o Fluminense terá mais duas partidas pelas quartas de finais da Copa do Brasil. Caso chegue à decisão, poderá fazer mais quatro jogos.
Nos dois anos em que defendeu as cores do Vasco, o argentino também foi o artilheiro da equipe. Em 2020, ele balançou a rede 24 vezes, um número expressivo para um time que não conseguiu evitar o rebaixamento ao fim da temporada. No ano seguinte, na disputa da Série B, foram 19 tentos e novamente a ponta da lista de artilheiros do clube.
Ainda não há comparação entre Cano e Fred com a camisa do Fluminense, e seria até injusto tentar elaborá-la. o ex-atacante escreveu uma linda história digna de livro que fez com que o coração dos tricolores palpitasse mais forte. Foram conquistas marcantes, histórias inesquecíveis e um fim que nem o mais otimista sonharia – gol no penúltimo jogo e festa grandiosa na despedida.
A sinergia entre Fluminense, Cano e Fernando Diniz tem vibrado mais forte em 2022. O argentino já se sente em casa e isso se reflete em campo. O estilo de jogo adotado pelo treinador tem se encaixado perfeitamente com o atacante, que precisa de poucos toques e chances para marcar. Ambos trabalharam juntos no Vasco, em outro contexto, o que facilita ainda mais o diálogo.
O casamento entre os dois tem enchido o torcedor tricolor de esperança por títulos e mais protagonismo nas competições. Já são nove partidas invictas, e a equipe forte em das competições – quarto colocado do Brasileirão e nas quartas de finais da Copa do Brasil.
A tendência é que Cano supere a marca do ídolo tricolor e será ainda mais saboroso se vier com título – mas também pode vir com um trabalho a longo prazo. Ainda mais agora que Fernando Diniz não quis nem ouvir a sondagem do Atlético-MG e reiterou o carinho e gratidão por clube e torcida e fortaleceu o projeto.
Postagem Anterior Próxima Postagem

 PUBLICIDADE