Caixa lamenta morte de diretor; polícia investiga o caso como suicídio

O diretor era responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários por meio dos canais internos do banco

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, Sérgio Ricardo Faustino Batista, de 54 anos, foi encontrado morto na noite de terça-feira (19), na área externa do edifício-sede do banco, ao lado da Galeria dos Estados, em Brasília.
A 5ª Delegacia de Polícia investiga o caso e, segundo apuração preliminar, Sérgio se suicidou. O diretor, que era responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários por meio dos canais internos do banco, foi encontrado já sem vida do lado externo do prédio.
Em nota, a Caixa manifestou profundo pesar pelo falecimento do empregado. “Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento. O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido”, declarou.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

 PUBLICIDADE

Publicidade