Vasco e Operário se enfrentam no São Januário

Será a primeira partida de Maurício Souza, como técnico do Vasco, em São Januário. Ele substituiu Zé Ricardo e tenta fazer a equipe manter o ritmo. Quem sabe melhorar.
- O Maurício tem procurado nos dar esse conteúdo para evoluir. Estamos felizes com ele, o grupo recebeu ele de uma maneira muito legal, aberto para abraçá-lo. E acho que a nossa tendência é evoluir e colocar o Vasco na Série A - projetou o goleiro Thiago Rodrigues.
No ano passado, no mesmo São Januário desta sexta-feira, o jogo contra o Fantasma abriu a Série B para o Vasco, e com derrota por 2 a 0. Maurício, porém, tenta transformar o conhecimento que transmite aos jogadores em nova imagem para a torcida que estará presente.
- É um cara jovem, mas, quando conversa, mostra que entende muito e vivencia muito. Conversa muito de tática. No jogo contra o Londrina, ele passou algumas situações novas da forma como atacarmos. Por mais que a idade seja pouca, é cara que já trabalhou em clube e tem muita coisa para falar para nós - observa Edimar.
A invencibilidade vascaína chega a 13 jogos. Se ao menos empatar, o time vai igualar o recorde do Náutico, que ficou 14 partidas sem ser derrotado no ano passado. Mas é claro que, na Colina, só se fala em vitória.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade

 PUBLICIDADE

Publicidade