Médico baiano que trabalhava em hospital de Itabuna morre após grave acidente automobilístico


Morreu na segunda-feira (09), o médico Ravel Souza Alves, de 27 anos, que se formou na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), e trabalhava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna.
O médico estava em coma desde o dia 17 de abril, o domingo de Páscoa, quando sofreu um acidente de carro. Ele viajava do município do Rio Verde, no estado de Goiás, para a capital daquele estado.
Nascido no pequeno município baiano de Caculé, Ravel Alves também trabalhou no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. Era um profissional muito querido pelos colegas de trabalho, que usaram as redes sociais para lamentar a perda. O corpo do jovem médico será sepultado em Caculé, no sudoeste baiano.

Estraído do Verdinho Itabuna
Postagem Anterior Próxima Postagem