Bolsonaro diz que 'picanha no Brasil está metade do preço do Canadá', mas volta atrás

Foto: Reprodução / Portal Metrópoles

Durante uma conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, na manhã da última quarta-feira (11), o presidente Jair Bolsonaro (PL) indagou seus apoiadores sobre o preço da carne, tipo picanha, em outros países. A fala gerou crítica nas redes sociais, após ele dizer que o insumo seria mais barato aqui do que no Canadá.
De acordo com o que divulgou o Portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o presidente indagou a uma apoiadora. “O preço da carne lá fora subiu muito?”. A mulher relata que, quando residia em um país estrangeiro, comprava meio quilo picanha por R$ 100. “A crise é no mundo todo. Aqui no Brasil está caro? Está. Mas alguns me acusam injustamente. No Brasil, quanto está o quilo da picanha? Menos da metade do preço que lá de fora. Está caro? Está caro”, disse o chefe do Executivo.
“Vocês lembram do ‘fica em casa e a economia a gente vê depois?’ Quem mandou ficar em casa que é o responsável por isso aí. Não só mandou, como vigiou, botou a polícia em cima, botou a guarda municipal…”, disse o mandatário, em relação aos governadores que adotaram medidas restritivas contra a Covid-19.
No Twitter, internautas começaram a apontar que a realidade era bem diferente. Em uma comparação, comprovada pelo Bahia Notícias, a rede canadense Metro mostra, entre as ofertas desta semana, o quilo da picanha a 15,41 dólares canadenses (ou 6,99 dólares por libra). Convertidos, seriam cerca de R$ 61. No Pão de Açúcar, o quilo de picanha sai a R$ 98,96.
Porém, a diferença vai além por causa de um outro fator: o poder de compra. O valor do salário mínimo no Canadá é diferente a depender da província. No caso de Toronto, o valor pago por hora trabalhada é de 14,35 dólares canadenses.
Se o trabalho for de 8h diárias, o valor mínimo recebido em um mês será de 2.296 dólares - o que, convertido, daria 9.069,2 reais. Assim, além do quilo da picanha estar mais caro no Brasil, o impacto desse quilo no bolso do consumidor também é consideravelmente maior - já que o salário mínimo por aqui é de R$ 1.212. Inclusive, o presidente Jair Bolsonaro será o único a terminar um mandato com o salário mínimo valendo menos (entenda aqui).
Postagem Anterior Próxima Postagem