WhatsApp planeja cashback para transferências e pagamentos na Índia, dizem fontes

Por Munsif Vengattil e Aditya Kalra

WhatsApp

Dentro de algumas semanas, o WhatsApp lançará recompensas em dinheiro para atrair mais indianos para seu serviço de transferência e está testando incentivos semelhantes para pagamentos de compras, disseram duas fontes, enquanto a empresa busca competir com rivais como o Google.
O WhatsApp lançará em maio a oferta de reembolso de até 33 rúpias indianas (0,40 dólar) para transferências que os usuários fizerem em seu serviço de pagamentos, que permite que as pessoas enviem entre si a partir do aplicativo de mensagens, disseram as fontes, que têm acesso direto dos planos da empresa.
O incentivo, dividido em três transações, será dado independentemente do valor a ser transferido, mesmo que seja de apenas 1 rúpia indiana, no que uma fonte descreveu como “unidade de aquisição de usuários” do WhatsApp.
O valor do reembolso do WhatsApp pode parecer pequeno, mas Neil Shah, vice-presidente de pesquisa da Counterpoint Research, disse que seria uma razão “suficientemente atraente” para os usuários mudarem.
Separadamente, o WhatsApp está testando um programa em que distribuirá incentivos de reembolso para usuários que pagam pedágios, serviços públicos e outras contas diretamente do aplicativo, disseram as duas fontes.
O WhatsApp também quer testar incentivos para os que fazem pagamentos móveis para a Reliance Jio, maior operadora de telecomunicações da Índia, disseram as fontes. A Reliance é parceira do WhatsApp, cuja dona Meta em 2020 investiu 5,7 bilhões de dólares no braço digital da empresa indiana.
O WhatsApp não comentou os planos, enquanto a Reliance não respondeu a um pedido de comentário.
O WhatsApp concorre com o Google Pay da Alphabet, o Paytm apoiado pelo Ant Group e o PhonePe, do Walmart, no concorrido mercado de pagamentos digitais da Índia.

(Reportagem de Munsif Vengattil e Aditya Kalra)
Postagem Anterior Próxima Postagem