Mulher morre após saltar de paraquedas no interior de São Paulo

 


Uma mulher de 33 anos morreu hoje após saltar de paraquedas em Boituva, no interior de São Paulo. Bruna Ploner era paraquedista do Exército e, segundo a Polícia Civil do estado, sofreu uma queda hoje de manhã.

Informações da polícia apontam que Bruna filmava outro paraquedista realizando um pouso quando se lesionou ao cair no solo.

Ela foi encaminhada para o Hospital São Luís, mas não resistiu. Segundo a Polícia Civil de São Paulo, o caso foi registrado como "morte suspeita" e está sendo investigado pela Delegacia de Boituva.

A morte de Bruna foi lamentada pelos Cometas do Exército, divisão de paraquedismo da instituição: "A equipe Os Cometas presta solidariedade aos amigos e familiares por esta irreparável perda e rogamos para que Deus possa confortá-los nesse momento de grande dor".

O Centro Nacional de Paraquedismo de Boituva também expressou seu luto. "Com imenso pesar, nos despedimos!", diz a publicação no Instagram.


Postagem Anterior Próxima Postagem