Ilhéus: Hospital Costa do Cacau realiza mais uma captação de múltiplos órgãos

Na última sexta-feira (08), equipes multidisciplinares do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, auxiliaram um médico cirurgião da Central Estadual de Transplantes (CET) Bahia, durante mais uma captação de múltiplos órgãos. Este é o segundo procedimento realizado na unidade hospitalar, em 2022.
A enfermeira Naama Ramos e Silva, integrante da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT) do HRCC, ressalta a compreensão familiar para a doação de órgãos. “A captação só foi possível, graças a decisão da família do doador, que decidiu pela continuidade da vida, dando oportunidade àqueles que aguardam na fila por transplante”, disse.
Naama Ramos e Silva expressou gratidão à família do doador. “Agradecemos à família, que mesmo diante da saudade deu esta chance de recomeço para àqueles que aguardam uma doação. Existem pessoas que mesmo partindo, conseguem fazer a diferença na vida dos outros, por isso são inesquecíveis. A saudade que elas deixam é proporcional ao bem que fazem”, declarou.
De acordo com a enfermeira, a captação de múltiplos órgãos contou com a fundamental participação de diversos agentes, setores e equipe multidisciplinar do hospital. “Somente com o envolvimento de todos é possível fazer a diferença, desde o acolhimento à família no momento do luto até a sensibilização e esclarecimentos sobre todo o processo de doação/transplante, fundamental para salvar vidas”, destacou a enfermeira do CIHDOTT.
Segurança na captação – O HRCC segue a orientação da Coordenação do Sistema Estadual de Transplantes (COSET) da Bahia, resguardando o nível máximo de segurança no serviço de captação, inclusive com ajustes necessários para o fluxo desse procedimento. É feita a coleta do material biológico do doador, por meio do exame PCR, para detecção da Covid-19, caso o teste apresente resultado negativo a doação prossegue, caso positivo a captação é suspensa.
Postagem Anterior Próxima Postagem