Ilhéus: cidade baiana se destaca no empreendedorismo e incentivo à indústria

Geografia privilegiada e natureza exuberante. Por muitos anos Ilhéus foi lembrada apenas pelo saudosismo das obras de Jorge Amado e pelo ciclo virtuoso da lavoura cacaueira do século passado. Porém, muito além dos aspectos físicos, a cidade se tornou referência em inovação, empreendedorismo e sustentabilidade, ancorada no debate de pautas voltadas à atração de importantes investimentos.
Segundo informações da plataforma Radar Sebrae, Ilhéus está entre os dez municípios do interior da Bahia que oferecem ambiente propício para abertura e estabelecimento de novos empreendimentos. O prefeito Mário Alexandre atribui o resultado ao trabalho realizado nos últimos cinco anos, com foco na política adotada pelo Executivo para alavancar a atividade turística, científica e comercial.
“A gente fica extremamente feliz, porque o reconhecimento é fruto da luta e do comprometimento com o desenvolvimento social e econômico de Ilhéus. Então, nosso papel é apoiar empreendedores que queiram desenvolver seus negócios no município. Isso tudo aquece a economia, com geração de emprego, renda e melhoria das condições de vida da população. A nossa cidade tem se tornado a cada dia modelo de planejamento e sustentabilidade”, enfatizou o gestor.
Dentro do rol se destacam o Porto Sul, os setores da construção civil, de serviços e logística, bem como o pacote de incentivos fiscais destinados à atividade industrial e tecnológica, desenvolvida pelas entidades públicas e privadas estabelecidas na cidade.A construção do modal amplia o corredor logístico e abre o leque de oportunidades, a fim de que a região volte à posição de destaque no cenário baiano.
Ademais, o Município lançou recentemente o projeto “Produzir Mais Cacau”, com o objetivo de definir estratégias, aumentar o rendimento das plantações e alavancar a rentabilidade da lavoura. O levantamento no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), incluídos os dados de dezembro de 2021, registrou 27.318 empregos formais, somados à criação de 666 novas empresas no mesmo ano, segundo informações da Junta Comercial do Estado da Bahia (Juceb).
O saldo positivo confirma que Ilhéus é a cidade que mais cresce no interior da Bahia. Mesmo diante do cenário de pandemia, a terra do cacau e do chocolate conseguiu driblar os efeitos da crise e se manter na categoria A do Mapa do Turismo Brasileiro 2022-2023, sendo a única cidade da Costa do Cacau a ocupar a posição.
A classificação, conferida pelo Ministério do Turismo (MTur) desde 2019, possibilita ao município buscar investimentos junto ao governo federal para melhoria dos pontos históricos, além de pleitear apoio a eventos voltados ao incremento do fluxo turístico.
Postagem Anterior Próxima Postagem