Flamengo sofre pressão, mas vence a Universidad Católica e segue 100% na Libertadores

Gabigol, duas vezes, e Lázaro marcaram os gols no Estádio San Carlos Apoquindo, em Santiago, pelo Grupo H da Libertadores

O Flamengo saiu na frente, sofreu pressão, mas conquistou mais uma vitória no Grupo H da Copa Libertadores: 3 a 2 sobre a Universidad Católica (CHL), no San Carlos Apoquindo, em Santiago. O Rubro-Negro marcou duas vezes com Gabigol, mas sofreu pressão na etapa final, e só respirou aliviado com o terceiro gol, marcado por Lázaro, já aos 37 minutos do segundo tempo.
Mesmo com a fragilidade defensiva apresentada pelo Flamengo, o time da casa só conseguiu marcar em gols contra: Isla, na primeira etapa, deixando o placar em 1 a 1, e Pablo, nos acréscimos do segundo tempo, dando números finais à partida. Apesar da vitória, não foi uma boa atuação dos comandados de Paulo Sousa.



Postagem Anterior Próxima Postagem