Leão aponta para ruptura civilizada: 'Não vamos sair xingando absolutamente ninguém'

Foto: Vitor Castro / Bahia Notícias

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), anunciou na tarde desta segunda-feira (14) o rompimento do seu partido com a base governista, liderada pelo PT (lembre aqui). Apesar de apontar que seu grupo foi tratado com certo “descaso”, ele garantiu, em entrevista coletiva, que a saída do PP se trata de uma “ruptura civilizada”.
“Eu estou saindo agora da governadoria. E, terminada a entrega da minha correspondência ao governador, eu disse: ‘Rui, eu agora quero lhe dar um abraço’. Ele me deu um abraço e eu dei um abraço nele. É uma ruptura civilizada. Nós não vamos sair xingando absolutamente ninguém. Não é o meu perfil nem é o perfil dos meus companheiros”, disse o vice-governador.
Leão participou da entrevista ao lado de todos os deputados estaduais e federais do seu partido, além do prefeito de Jequié e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá (PP). Segundo ele, ainda não há consenso sobre qual caminho a legenda deve seguir nas eleições.
“Nós estamos discutindo, conversando, vamos discutir com nossos companheiros. Está aqui o presidente da UPB, que é do nosso partido, o Zé Cocá, estão aqui todos os deputados estaduais e federais, então vamos conversar”, afirmou.
Postagem Anterior Próxima Postagem