Em reunião da Amurc, prefeitos são orientados sobre o eSocial e outras demandas municipais

Prefeitos e secretários municipais participaram da Reunião Extraordinária da Amurc na quinta-feira, 10, quando tratou do Sistema Simplificado de Escrituração Digital de Obrigações Previdenciárias, Trabalhistas e Fiscais (eSocial), o Piso Nacional do Magistério, entre outras demandas da região.
O presidente da Amurc e prefeito de Itajuípe, Marcone Amaral, destacou a importância do eSocial para os municípios, tendo em vista a modificação que vai ser feita a nível do setor de tributos, no setor contábil, envolvendo os gestores numa capacitação junto a equipe jurídica para que os municípios possam se adequar a essa realidade.
Será exigido o envio de informações das prefeituras, tais como a remuneração dos segurados por meio da Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP). Até o segundo semestre deste ano, além da GFIP serão substituídas diversas outras declarações – como RAIS, o CAGED, a CTPS, Comunicação do Acidente do Trabalho (CAT). Tudo estará centralizado no eSocial com o objetivo de racionalizar e simplificar o cumprimento de obrigações.
A reunião contou com a participação do advogado e Doutor em Direito Tributário, Harrison Leite, que orientou os gestores e suas equipes. “Tivemos uma reunião importante com a grande participação de prefeitos e secretários dos municípios associados a Amurc, onde tivemos a oportunidade de debater pautas importantes para nossa região”, declarou Marcone.
Postagem Anterior Próxima Postagem