Extra, Extra! Educador físico agride homem em situação de rua após flagrar traição da mulher


Câmeras de vigilância flagraram o momento em que um personal trainer agride um homem em situação de rua em Planaltina, no Distrito Federal. A motivação seria traição, após o agressor flagrar a mulher tendo relações sexuais com o homem. As informações são do Metrópoles.
Segundo o jornal, a mulher havia saído de casa na companhia da mãe para ajudar o homem que estava na rua. Em seguido, as duas teriam se separado e o marido, de 31 anos, não conseguiu mais contato com ela.

Veja vídeo:

Ele, então, teria “orado e pedido um sinal de Deus” para encontrá-la. O educador físico foi até o Centro de Ensino Fundamental Paroquial e viu estacionado o carro em que a esposa havia saído. Ao se aproximar, flagrou ela e o homem fazendo sexo no veículo.
As imagens mostram o personal visivelmente desnorteado e batendo no carro. Ele faz a volta para o lado do passageiro, abre a porta e entra. Nesse momento, ele teria começado a agredir o homem, que depois sai do carro completamente nu e chega a ser derrubado no chão.
O agressor o agarra, o leva para próximo do carro novamente, e as agressões continuam. Novamente no chão, o homem leva diversos chutes do personal.
Personal achou que esposa estava sendo estuprada
O marido declarou à Polícia Civil do DF (PCDF) acreditar que se tratava de um estupro. No entanto, a esposa disse em depoimento que as relações foram consentidas.
Todos foram conduzidos à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), que investiga o caso. O personal prestou depoimento e foi liberado, mas poderá responder por lesão corporal.
O homem agredido precisou de atendimento médico e foi levado ao hospital. Ele apresentava machucados no rosto e estava com os dois olhos roxos, mas passa bem.

Extraído do Verdinho Itabuna
Postagem Anterior Próxima Postagem