Santo Estêvão: Familiares de biomédica morta protestam e cobram prisão de acusado


Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

Um protesto puxado por familiares da biomédica Jéssica Regina Macedo do Carmo, de 31 anos, cobrou a prisão do ex-chefe de gabinete da prefeitura de Santo Estêvão, município do estado da Bahia, no Portal do Sertão, George Passos Santana, o George Breu. A manifestação ocorreu nesta quarta-feira (9) em frente ao fórum da cidade.
Ao Acorda Cidade, uma das irmãs da biomédica, Vitória Régis Macedo, disse que o também ex-vereador apresentou contradições nos depoimentos. Vitória ainda declarou que, apesar de a polícia não concluir o caso, acredita que Breu seja o autor do crime.
Vitória Macedo contou também que uma vez a irmã apresentou manchas roxas, mas declarou que a situação ocorreu por acidente doméstico. Ainda segundo o site, a advogada da família, Maria Casemira de Jesus Smiguratoteli, lamentou que os laudos periciais ainda não foram concluídos.
Jéssica Macedo, que estava grávida de oito meses, morreu no sábado (5) após sofrer um tiro (ver aqui). George Breu, então companheiro dela, é o principal suspeito. À polícia, Breu declarou que o disparo foi acidental e ocorreu durante uma discussão entre os dois. Devido ao caso, a prefeitura de Santo Estêvão o exonorou do cargo (clique aqui).
Postagem Anterior Próxima Postagem