Itabuna em chamas: BR-415 é bloqueada pela segunda vez em 12 horas: esse é o terceiro protesto essa semana por causa do Auxílio Recomeço

Por Simone Sampaio

Vítimas das enchentes de dezembro protagonizam nesta quinta-feira (17), mais um protesto em Itabuna, o terceiro essa semana (relembre aqui e aqui). Dessa vez, são os moradores da Rua de Palha, bairro Maria Matos, que resolveram “fechar” a BR-415, rodovia Itabuna-Ibicaraí. A reivindicação é a mesma: o pagamento do Auxílio Recomeço.
Até às 9, o movimento, que começou às 4 horas da manhã, não havia acabado. Os manifestantes afirmaram que só liberaria a pista após a chegada do prefeito Augusto Castro. Equipes da Polícia Rodoviária Federal e Militar tentam negociar com o grupo.
O protesto provocou uma congestionamento quilométrico (imagem Zé Drone)

Um congestionamento quilométrico se forma ao longo da BR-415. O grupo só libera a passagem de ambulâncias.
Segundo os manifestantes, além do Auxílio Recomeço, alguns moradores ainda não receberam o Aluguel Social.
Segundo eles, existem moradores que alugaram casas, uma vez que as suas foram destruídas pelo temporal de dezembro, e até agora a prefeitura não teria pago o valor de R$ 480,00 para arcar com o aluguel desses imóveis, como prometido no pacote de medidas pós-enchente.
De acordo com a TV Santa Cruz, a prefeitura chegou a informar que até esta sexta-feira (18) deve sair uma outra lista com nomes de contemplados. Ontem (16), após o protesto de moradores dos bairros Urbis IV, Brasil Novo e Sinval Palmeira, um lista com 120 nomes foi publicada. Os beneficiados devem receber o cartão nesta quinta.

Atualizada às 13h05

Um grupo de moradores do bairro Sarinha Alcântara também fizeram um protesto na manhã desta quinta-feira (17). Os manifestantes fecharam a rua Campo Verde. Eles se queixam que também não receberam o benefício ainda.
Postagem Anterior Próxima Postagem