Bruno e Rui se solidarizam após tragédia em Petrópolis: ‘Vive hoje um drama que conhecemos bem aqui na Bahia’

Ontem, um intenso temporal atingiu a cidade do Rio de Janeiro, provocando deslizamentos de terra em vários morros e alagamentos com fortes correntezas nas ruas

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) e o governador Rui Costa (PT) prestaram, nesta quarta-feira (16), solidariedade à cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, diante do temporal que atingiu a cidade ontem (15), provocando deslizamentos de terra em vários morros e alagamentos com fortes correntezas nas ruas.
Em seu perfil no Twitter, o atual gestor da capital baiana escreveu: “Toda solidariedade à cidade de Petrópolis, na Serra do Rio de Janeiro, principalmente às famílias das vítimas do temporal”.
“Que Deus conforte o coração de quem perdeu um parente ou um amigo nessa situação e que dê muita força para a cidade se reerguer”, acrescentou Bruno.
Rui lembrou que Petrópolis “vive hoje um drama que conhecemos bem aqui na Bahia”. “Nossa solidariedade às famílias atingidas pelas chuvas, alagamentos e deslizamentos de terra, principalmente àquelas que perderam seus parentes”, disse o petista.
“Que Deus conforte a todos e dê força e sabedoria para que possam reconstruir suas vidas após essa tragédia”, continuou.
Mais de 300 pessoas tiveram que sair de suas casas. Vinte e cinco escolas estão abertas para receber desabrigados. A prefeitura decretou estado de calamidade pública e luto oficial de três dias.
Os bombeiros estão atuando em mais de 40 pontos da cidade, em ações de resgate e salvamento. O governador fluminense, Cláudio Castro, afirmou que pelo menos 16 pessoas foram resgatadas com vida
A cidade está em alerta máximo e funciona em estágio operacional de crise. Petrópolis deve esperar mais pancadas de chuva hoje (16), segundo previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Mateus Soares
Postagem Anterior Próxima Postagem