Brasil chega a 70,32% da população com vacinação completa contra a covid-19



O Brasil registrou 420 mortes por Covid e 64.591 casos da doença, no domingo (6). Com isso, o país chega a 632.289 mortes e 26.536.597 casos registrados de Covid-19 desde o início da pandemia.
Os dados de casos e mortes foram atualizados para 25 estados. Amapá e Roraima não registraram mortes nas últimas 24 horas.
O Brasil voltou a registrar mais de 1.000 mortes por Covid na última sexta (4), com 1.074 vidas perdidas. Foi o maior valor desde 17 de agosto do ano passado, quando os registros apontaram 1.137 óbitos. O recorde em um único dia de casos ocorreu na quinta-feira (3), com 286.050 infecções.
As médias móveis de mortes e de casos estão subindo. A média móvel de mortes está em 767 óbitos por dia -variação de 162% em relação aos 14 dias anteriores– e a de casos é de 169.301 infecções (aumento de 14%).
O recurso estatístico que busca amenizar variações nos dados, como os que costumam acontecer aos finais de semana e feriados, é calculado pela soma das mortes dos últimos sete dias e pela divisão do resultado por sete.
Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus.As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.
Os dados da vacinação contra a Covid-19, também coletados pelo consórcio, foram atualizados para 16 estados.
O Brasil registrou 418.440 doses de vacinas contra Covid-19, neste domingo. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 55.695 primeiras doses, 132.291 segundas doses. Além disso, foram registradas 331 doses únicas e 230.123 doses de reforço.
Ao todo, 166.982.712 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil. Já são 151.067.205 pessoas com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen. Quanto às doses de reforço, foram aplicadas 50.782.047.
Assim, o país já tem 77,73% da população com a 1ª dose e 70,32% dos brasileiros com as duas doses ou com uma dose da vacina da Janssen, e 23,64% da população com reforço vacinal.
Mesmo quem completou o esquema vacinal primário com as duas doses ou dose única ou já recebeu o reforço das vacinas deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.
A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (PL), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.
Postagem Anterior Próxima Postagem