Posse do novo presidente do TJ-BA será restrita para familiares, com exigência de vacinação


Por Cláudia Cardozo

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) exigirá a apresentação do comprovante de vacinação para os convidados para a solenidade de posse da nova mesa diretora, para o biênio 2022-2024. A solenidade acontecerá no dia 4 de fevereiro, às 9h, para posse do novo presidente da Corte baiana, desembargador Nilson Castelo Branco. A cerimônia será híbrida, com transmissão pela internet.
O protocolo foi desenvolvido pelo comitê técnico da Covid-19 do TJ-BA e uma equipe médica, e foi desenvolvido diante do agravamento da situação da pandemia na Bahia. Fontes do Bahia Notícias indicam um alto índice de contaminação de servidores e membros do TJ-BA com o coronavírus e influenza.
A cerimônia presencial ocorrerá no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa, com a participação apenas dos integrantes da mesa diretora e dos familiares dos empossados. A mesa de honra presencial será composta por 11 autoridades. Havendo excedentes, participarão da mesa virtual. Haverá barreira de acrílico na mesa de honra, com distanciamento físico das autoridades convidadas para a solenidade. Não haverá cumprimentos formais aos empossados para evitar contato físico entre os presentes no evento.
Cada desembargador empossado poderá levar até 15 familiares, que terão convites nominais, com credencial individualizada, para controle de ingresso. Os desembargadores poderão enviar o certificado de vacinação dos familiares previamente para o cerimonial do TJ-BA. O uso da máscara será indispensável. Segundo o TJ, haverá divisão do espaço do salão nobre em cinco setores para os familiares dos empossados. Cada setor será identificado com o nome do desembargador empossado.
O TJ-BA ainda orienta que, na data do evento, pessoas que apresentem sintomas respiratórios ou que tenham confirmado infecção pelo coronavírus que não participem da solenidade. A Corte ainda disponibilizará um atendimento médico no local do evento para caso alguém apresente algum mal estar no momento da posse. A programação do evento pode sofrer modificações, a depender do quadro sanitário da pandemia no estado.
Postagem Anterior Próxima Postagem