Entra em vigor o novo salário mínimo de R$ 1.212

O novo mínimo altera o valor de cálculo de benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas

O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor, o INPC, de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia. No total, o aumento ser, o aumento será de 10,18% em relação ao valor anterior, que era de 1.100 reais.
Os estados também podem ter salários mínimos locais e pisos salariais por categoria maiores do que o valor fixado pelo governo federal, desde que não sejam inferiores ao valor do piso nacional.
O novo mínimo altera o valor de cálculo de benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas. No caso das aposentadorias e pensões por morte ou auxílio-doença, os valores deverão ser atualizados com base no novo mínimo.
O mesmo vale para o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, que corresponde a um salário mínimo e é pago a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de baixa renda.
Postagem Anterior Próxima Postagem