SINDICATOS E MST AJUDAM FAMÍLIAS ATINGIDAS PELAS CHUVAS NA BAHIA

Trabalhadores limpam casas invadidas pela lama em Itamaraju

Membros de sindicatos do interior da Bahia se juntaram ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para ajudar famílias atingidas pelas chuvas que castigaram o sul e o extremo-sul do estado na semana passada. O trabalho conjunto foi tema de reunião virtual, nesta sexta-feira (17), com a participação do coordenador-geral do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro), Jairo Batista, do secretário adjunto Josimar Ferreira, da APLB, e Lucineia Durães, Liu, dirigente nacional do MST.
Josimar explicou que o trabalho terá o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Secretaria Sindical do PT. “Vamos ajudar na comunicação, faremos das nossas redes um instrumento de divulgação do que está rolando e vamos organizar, nas sedes da CUT e demais sindicatos, pontos de arrecadação de alimentos para enviar para a brigada do MST em Itamaraju”, acrescentou.
Jairo Batista e Josimar Ferreira integram ação solidária no sul e extremo-sul da Bahia

Segundo Jairo Batista, a intenção é dialogar com lideranças sindicais para obter auxílio permanente à brigada de Itamaraju. “Precisamos ajudar na limpeza e desinfecção das casas, produção de refeições na cozinha solidária e, também, no atendimento à saúde física, mental e preventiva das pessoas que foram afetadas direta e indiretamente pelas fortes chuvas”.
A presidente estadual da CUT, Maria Madalena Oliveira Firmo, Leninha, explicou que, no primeiro momento, as equipes se concentram na arrecadação de comida, roupas e calçados para as famílias afetadas. Além disso, a Federação Única dos Petroleiros vai doar botijões de gás.
Postagem Anterior Próxima Postagem