Bahia vence o Fluminense com o brilho de Gilberto e deixa o Z-4 do Brasileirão


No confronto em que os dois precisavam dos três pontos, melhor para o Bahia, que jogou bem, imprimiu ritmo e venceu o Fluminense por 2 a 0 na Arena Fonte Nova, neste domingo, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois gols foram marcados por Gilberto, que tira a equipe da zona de rebaixamento. Pelo lado carioca, a fraca atuação desperdiçou a chance de se garantir na Libertadores.
Com o resultado, o Bahia vai para o 15º lugar, com 43 pontos, e torce por derrotas de Juventude e Cuiabá para se manter fora do Z4. Na última rodada, a equipe enfrenta o Fortaleza. Já o Flu fica com 51 pontos em sétimo e precisa bater a Chapecoense na quinta-feira, às 21h30, no Maracanã, para ir à competição continental.

POLÊMICA

Com os dois times em necessidade de vencer, o início do jogo foi bastante intenso, especialmente pelo lado do Bahia. A única boa chegada do Fluminense aconteceu com um minuto, quando Fred apareceu livre, mas chutou por cima do gol. Entretanto, mais uma polêmica de arbitragem neste Brasileirão aconteceu aos nove. Gilberto tentou desviar de cabeça e a bola bateu no braço de Caio Paulista, mas o árbitro Luiz Flavio de Oliveira não marcou e o VAR também não chamou para análise.

NA FRENTE

A insistência do Bahia deu resultado. Marcos Felipe vinha salvando e fazendo defesas difíceis, mas, aos 35 minutos, Luccas Claro, com o braço totalmente levantado, tocou com a mão na bola e, desta vez, o árbitro assinalou o pênalti. Gilberto foi para a cobrança e colocou o os donos da casa na frente. O Fluminense, desligado ao longo dos 45 minutos, não conseguiu imprimir ritmo em momento algum.

GOLAÇO

Quem mostrou mais vontade saiu para o intervalo com a vantagem. Aos 46 minutos, Luccas Claro ajeitou de peito nos pés de Rossi, que acionou Gilberto. O atacante avançou e aproveitou Marcos Felipe adiantado para ampliar o placar para o Bahia. Se o time da casa buscou o gol do início ao fim da primeira etapa, o Fluminense não teve organização e demonstrou pouca vontade.
Na frente no placar, o Bahia tentou desacelerar o ritmo do jogo para controlar o resultado. Do lado do Flu, Marcão tirou André e Caio Paulista, colocando Martinelli e Cazares, para tentar melhorar o meio-campo. Com isso, os cariocas criaram três boas oportunidades em 15 minutos, mas não chegou a balançar a rede. Aos 21, Manoel e Rossi se envolveram em confusão e acabaram expulsos.

GARANTIDO

Com as mudanças, o Fluminense seguiu tentando chegar ao ataque, mas foi pouco perigoso. Com os ânimos exaltados e muitos cartões amarelos, o clima no jogo ficou quente. Guto Ferreira tentou segurar ainda mais o time para evitar sustos e conseguiu, garantindo importante vitória para o Bahia.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 COMENTAR:

Postar um comentário