Wane Brenda, a Viuva Negra recebe nova sentença e pega mais 22 anos de prisão


Na manhã desta quinta-feira (11), teve fim o segundo julgamento de Wane Brenda Oliveira, a chamada Viúva Negra, acusada, nesta feita, pela morte de Evandro Bonfim de Souza, 40 anos. O homem foi namorado da ré, e foi envenenado por ela.
Wane foi condenada desta vez a 22 anos de prisão. Ela já cumpre pena há cerca de quatro anos, mas segue negando as acusações.
A primeira condenação de Wane foi em agosto desse ano, quando recebeu a sentença de 21 anos de prisão pela morte de Edvaldo Araújo Alves, de 40 anos, que também foi namorado da ré, em 2017, e o relacionamento durou pouco menos de um ano. (Relembre aqui).
Wane é acusada de matar os homens com o mesmo modus operandi, isto é, envenenamento por chumbinho. As provas em ambos os casos são bastante contundentes, inclusive com exumação de um dos corpos para perícia técnica, ocorrida em 2018.
O caso ganhou grande repercussão, à época, e esta semana volta aos holofotes da imprensa e comentários da sociedade.
Wane não aceitava o fim do relacionamento, e em ambos os casos, as vítimas estavam insatisfeitas com o namoro e pretendiam terminar a relação. Era aí que a Viúva Negra entrava em ação, e findava a vida de suas vítimas.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário