UPB obtém vitória com aprovação de rateio de dívida previdenciária em 240 meses

Foto: Divulgação / UPB

Prefeitos baianos se sentiram vitoriosos com a aprovação na terça-feira (9) da proposta de parcelamento da dívida previdenciária em 240 meses. A matéria foi votada em segundo turno na Câmara dos Deputados, em Brasília. Agora, ela segue para análise do Senado Federal.
Segundo a União dos Municípios da Bahia (UPB), autora da proposta, mais de 250 prefeitos baianos acompanharam a votação da matéria na Câmara. A entidade afirmou que desde abril passado, as prefeituras convivem com constantes bloqueios e retenções de receitas para pagamento da dívida.
Conforme o presidente da UPB, Zé Cocá (PP), a medida dá fôlego fiscal e devolve a capacidade de investimento dos municípios.
"Precisamos mudar a realidade dos municípios pobres do Nordeste, que tudo que arrecadam vai para pagar a folha de pessoal e a dívida com a Previdência. É um recurso que agora vai poder ser investido para melhorar as condições de vida da população, com infraestrutura e outros serviços públicos", disse o também prefeito de Jequié, no Sudoeste baiano.
De acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), as prefeituras da Bahia devem ter um ganho de quase R$5,6 bilhões, com a redução de juros e multas prevista pela medida.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário