Marília já tinha músicas inéditas e cidades definidas para nova turnê de 'Todos os Cantos' por Antônia Fernanda


Foto: Reprodução/Youtube

Há três semanas, o Brasil perdeu um dos maiores fenômenos da voz feminina da última década: Marília Mendonça, intitulada como a "Rainha da Sofrência" (relembre aqui). Em seis anos de estrelato a jovem de 26 anos bateu vários recordes na indústria fonográfica e ganhou milhões de fãs que se identificavam com suas letras românticas e empoderadas.
Entre seus inúmeros feitos, está "Todos os Cantos": o projeto em que ela cantava gratuitamente para os fãs em cidades por todo o Brasil. Os shows surpresas eram organizados em grandes praças e patrimônios históricos e o anúncio do local e hora eram publicados no Twitter horas antes do início da apresentação. O anúncio em cima da hora não impedia que milhares de fãs fossem apreciar o show da artista. O público variava de 60 mil a 100 mil pessoas.
"Esses shows eram feitos de acordo com os lugares que ela havia passado pela primeira vez. Ela obedecia a ordem das cidades que ela foi contratada no início da carreira. Ela foi fazendo essa trajetória", revela Alessandro Rossi, programador do Circo Voador e roteirista do projeto, que completa: "Depois da pandemia ela ia voltar com tudo. Ela ia voltar muito maior, porque ela estava no auge". Continue lendo...

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário