Condenado por matar jornalista na Bahia passa 2º julgamento; crime completou 4 anos


O homem condenado por matar a jornalista Daniela Bispo, no prédio onde a vítima trabalhava, em Salvador, no ano de 2017, passa por segundo julgamento nesta terça-feira (16), na capital baiana.
Em 2018, Mateus William Oliveira Alecrim Dourado de Araújo, foi condenado a 17 anos, 10 meses e 15 dias de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado: motivo torpe, recurso que tornou impossível a defesa da vítima e meio cruel.
Na época, o júri afastou a qualificadora do femínicidio. No entanto, o segundo julgamento ocorre justamente porque o Ministério Público Estadual (MP-BA) solicitou a Justiça a qualificadora para que Mateus também fosse condenado pelo crime de feminicídio. A Justiça aceitou o pedido e o segundo júri é realizado Fórum Ruy Barbosa, em Salvador.
No julgamento desta terça, ao ser ouvido, Mateus disse que Daniela não aceitava o fim do relacionamento, início de um novo namoro dele e ainda fazia ameaças. No entanto, o Ministério Público e a defesa da jornalista mostraram uma carta onde Daniela evidencia que partiu dela o fim do namoro com Mateus.
Ela escreveu, inclusive que queria um fim de relacionamento sem rancor, nem problemas. A defesa também disse que Daniela pressionava o rapaz para que ele pagasse uma dívida que ele fez, sem autorização dela, no cartão de crédito o qual ela era dependente da tia. O valor da dívida não foi divulgado.
Caso seja condenado, Mateus Dourado pode ter mais quatro anos de prisão, totalizando 21 anos de condenação.
Daniela foi morta na noite do dia 13 de novembro de 2017. No último domingo (13), o crime completou quatro anos. Ela foi encontrada com marcas de espancamento e perfurações causadas por uma faca. Mateus foi preso no mesmo dia em que o corpo de Daniela foi achado e confessou o crime.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário