Em dia de ato contra Bolsonaro, Doria estará em Minas para eventos das prévias tucanas

O governador de São Paulo, João Dória, foi o entrevistado do programa Roda Viva do ultimo dia 23 de agosto e foi questionado por seu apoio ao presidente Jair Messias Bolsonaro nas eleições 2018.

Camila Mattoso
BRASÍLIA, DF

Ao contrário da manifestação do último dia 12 contra o presidente Jair Bolsonaro, quando discursou ao lado do MBL, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não pretende estar na avenida Paulista no ato deste sábado (2). Ele ficará em Minas Gerais para participar de eventos das prévias tucanas, sob o argumento de que o momento é de foco na militância. O estado é reduto de Aécio Neves, que tem feito articulações a favor de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, na disputa partidária.
O governador viajou para o estado nesta sexta (1º), onde cumpriu agenda com o governador Romeu Zema (Novo). No sábado, participará de reuniões em Belo Horizonte e Betim, na região metropolitana da capital mineira. Na manifestação de São Paulo, é esperada a presença de outros pré-candidatos à Presidência, como Ciro Gomes (PDT), Alessandro Vieira (Cidadania) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), além de políticos como Randolfe Rodrigues (Rede) e Tabata Amaral (PSB). Há possibilidade de nomes do PT também participarem.
Aliados acham que o governador já manifestou a sua posição, como desejava, no ato anterior. Na ocasião, Doria foi aconselhado a não participar do protesto, mas decidiu comparecer. Parte deles acha que a ida de Doria à manifestação de setembro, esvaziada e inferior ao ato convocado por Bolsonaro no dia da Independência, não foi positiva para a pré-campanha do governador.

About Bahia Extra

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário