Defesa Civil prepara relatório sobre as últimas 24h de chuvas em Itabuna

A Diretoria de Defesa Civil da Secretaria de Segurança e Ordem Pública (Sesop) elabora um Relatório sobre as consequências das chuvas nas últimas 24h em Itabuna. Foram pelo menos três chamados, dos quais um deslizamento de terras nas obras do VOG no Bairro Mangabinha, onde casas foram alagadas pela lama, água e o barro e três famílias removidas para casa de parentes.
Ao todo foram nove casas e uma avenida com oito quitinetes que sofreram com a invasão da água e lama, provocado pela obstrução dos bueiros com a terra e lama vindo do terreno do condomínio que está sendo construído. No momento estava sendo feita a terraplanagem da área.
A empresa foi acionada pela Diretoria da Defesa Civil da Prefeitura e enviou prepostos para o local imediatamente. Os operários passaram a noite fazendo a limpeza das ruas e das casas atingidas. A Defesa Civil e os Bombeiros Militares (4º GBM) estiveram no local acompanhando as famílias, tendo sido interditadas três casas, com risco de uma nova enxurrada de lama.
A empresa construtora continuará dando o apoio necessário às famílias atingidas. A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, juntamente a Defesa Civil, também vai fazer o acompanhamento daquelas famílias que perderam alimentos sob a lama e a enxurrada. Segundo a diretora da Defesa Civil da Secretaria de Segurança e Ordem Pública, Eliciane Reis, os acumulados de chuvas desde o meio-dia de ontem alcançaram 31,5mm.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário