Shopee é notificada pelo Procon-SP sobre autenticidade de seus produtos

A plataforma de comércio eletrônico singapurense, Shopee, foi notificada na segunda-feira (13) pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) exigindo explicações sobre a autenticidade e origem dos produtos oferecidos aos consumidores no site da empresa varejista. Empresa deve responder aos questionamentos até sexta-feira (17)
De acordo com a revista IstoÉ, agora, a empresa deverá comprovar a obtenção, validade e regularidade da aquisição dos itens, além de demonstrar o processo de atestado da qualidade e segurança dos produtos oferecidos.
O Procon-SP também pede a documentação atestando regularidade comercial, fiscal e tributária das empresas cadastradas na plataforma de venda online, além de a empresa demonstrar os critérios promocionais, de cupons e frete. A ideia é entender como funciona o processo de transparência na divulgação e se os clientes ficam sabendo dos prazos aplicáveis para essas promoções.
“A plataforma deverá explicar sobre eventuais produtos contrabandeados ou falsificados que foram vendidos aos consumidores. A partir dessa notificação eles ficam cientes de que é possível que eles sejam responsabilizados como participantes da venda desse tipo de produto”, disse em nota o diretor do Procon-SP, Fernando Capez.

Bahia Extra

Bahia Extra Comunicação a serviço do leitor!

0 Comentarios:

Postar um comentário